segunda-feira, 7 de outubro de 2013

Demissões na MGS atingem município de Diamantina


A  MGS, Minas Gerais Administração e Serviços, empresa pública do governo de Minas Gerais continua a fazer demissões em massa, desrespeitando os direitos dos empregados públicos. Isso ocorre em todas as regiões do estado, causando revolta em toda a população.

Um exemplo é o que ocorre no setor de Identificação de Diamantina, município localizado próximo à região do Jequitinhonha em Minas Gerais. Este setor é responsável por atender várias cidades da região , com mais de 150 atendimentos diários. O serviço é  fazer identidade, atestados de antecedentes criminais entre outros serviços, mas que agora foi desativado devido ao corte dos funcionários da MGS, que foram dispensados pelo governo de Antônio Anastasia.

O atendente do posto de identificação que passou no concurso da mgs ja prestava serviços a 6 anos, foi dispensado sem justa causa e foi convidado a se retirar do posto, onde dedicou vários anos de sua vida, sem direito a trabalhar no seu aviso prévio. Acontecendo assim, uma situação muito constrangedora que se repete em todos os órgãos que tem funcionários da mgs concursados.

Sendo assim o posto de identificação esta fechado, toda a população de Diamantina e Região tem que se deslocar até o uai de Curvelo, município que fica a mais de 100 Km de distância. As pessoas que não tem condições financeiras ficam sem os documentos esperando uma solução da identificação. Enquanto isso a população revoltada clama uma solução para esse problema e os funcionários da MGS sofrem com a falta de respeito.

Por esses e outros motivos os trabalhadores da MGS estão se organizando através do Movimento Luta de Classes para acabar com essa situação. O caminho é seguir se organizando rumo à greve geral na MGS!

Movimento Luta de Classes - MG

19 comentários:

É realmente um absurdo deixar um município como Diamantina sem fazer carteiras de identidade...é um desrespeito com a população e com os funcionários que trabalham nesta empresa.

Realmente é uma situação muito complicada. Mas pelo que sei o funcionário de lá não foi demitido, mas devolvido a MGS, sendo que este está trabalhando em outro órgão.

Eu achei que a mgs efetivava no estado, pelo que sei quem faz concurso e passou merece estabilidade, ou esse concurso é de brincadeira...mgs queremos o que é nosso de direito, nosso cargo, nossa estabilidade!!! MGS MOSTRA A SUA CARA!!!

Boa Noite, através da rádio peão o que se sabe é que as demissões estão suspensas durante 60 dias. Verdade ou boatos?

As demissões EM MASSA se estenderam a Polícia Civil, parece que teremos mais dois meses de "prorrogação" mas do início do ano não deve passar...é o que diz a "Rádio Peão" mas a MGS não se posiciona, demonstrando uma total falta de respeito aos seus funcionários!!!!

Dra. Sônia(MPT) recebe agora uma comissão de servidores da MGS que estão enfrentado demissões em massa,vamos aguardar os resultados dessa reunião...

Os verdadeiros trabalhadores do Estado são os funcionários da MGS, se o governador quer cortes, porque não corta o que realmente enxuga os cofres públicos, como obras e compras superfaturadas, viagens desnecessárias, manutenção de helicóptero particular, etc. Não é cortando os míseros salários de funcionários que irá resolver o problema.

é muito triste. fazer concurso e não ter estabilidade...

É vergonhoso esse nosso governados, temos que tirar o poder desse tirano, o governo dele foi marcado por greves e revoltas de servidores explorados.Fora Anastasia

EU GOSTARIA DE PEDIR A TODOS OS FUNCIONARIOS DA MGS PARA MOSTRAR NOSSO PODER NAS URNAS, SOMOS MUITOS LUTANDO NESSA CAUSA, MAIS DE 22 MIL FUNCIONARIOS CONCURSADOS, VAMOS LEMBRAR DA FORMA COMO ESSE GOVERNADOR DESPOTA FEZ COM NOSSOS TRABALHOS, SOMOS PAIS DE FAMILIA QUERENDO APENAS TRABALHAR, ANASTASIA DESPOTA,,,QUEREMOS JUSTIÇA

Identificação segue fechada devido o final do contrato da Seds com a empresa MGS, até quando isso vai acontecer?

A identificação segue fechada, e assim continuara por muito tempo, devido ao descaso das autoridades competentes pelo posto psiu na cidade de Diamantina, um lugar totalmente esquecido, sem nenhuma estrutura para realizar tantos atendimentos. vergonha pra Diamantina. que cidade é essa que não faz mais identidade, tudo acabando na cidade.

Segue fechado o posto de identificação de Diamantina, a população tem q se deslocar até Belo Horizonte ou Curvelo, para fazer a identidade, isso significa uma grande perca pra cidade, população revoltada com essa situação.Até quando isso vai durar. chega de demissões Mgs. vamos lutar colocar um ponto final nessas demissões.

Pessoal essa MGS está fazendo povo de idiota.... Saiu outro concurso público, me poupe, que concurso é esse que estão mandando monte de gente embora, vão todos fazer essa prova iludidos, depois a realidade é outra.. Aqui em Uberlândia já foram demitidos vários funcionários.... Temos que nos unir e parar todos funcionários da MGS, os funcionários aqui estão esquecidos, se BH a coisa está feia, imagina aqui , cadê os políticos de Uberlândia para defender os direitos desses trabalhadores????? Vamos pra mídia pessoal, lutar pelos nossos direitos, colocar um ponto final............

São mais de 22 mil funcionários da MGS, espero que nas urnas todos funcionários pense muito bem no seu voto......

Agora fiquei sabendo que na saude, vão mandar também todos embora, a lei não funciona para o estado, que concurso é esse que deixa os empregados preocupados? Se a MGS entrar em greve o estado para porque somos a maioria. Vamos nós unir

Um tremenda falta de consideração com funcionários que dão o sangue e trabalham o dia inteiro enquanto funcionários do estado ficam coçando o saco e ganham 4 ou 5 vezes mais que funcionários da mgs. MGS é escravidão moderna, uma verdadeira decepção, desvalorização do verdadeiro trabalhador.

Pois é. Como já disseram em outros posts, os verdadeiros trabalhadores do estado são os funcionários da mgs. 1 dia de trabalho meu (sou da mgs) vale por 1 ano de trabalho de trabalhadores estaduais e não é brincadeira. Aonde eu trabalho pegamos de 8 às 17 com 1 hora contadinha de almoço, enquanto os estatutários chegam 10 da manha, vão almoçar 11, voltam 13:30 e vão embora 15 e não faze nem 0,5 % de serviços em relação aos da mgs, so sabem ficar batendo papo e falando abobrinha e ganham até 7 vezes mais que funcionários da mgs.

Pois acho que aqui em uberlandia deveriamos nos unir nossos salarios sao baixo fazemos a maior parte do serviço e ainda somos cobrados o tempo todo ... chega a ser humilhante, e alem de tudo agora tenho que trabalahar com essa agonia: sera que vai mandar a gente embora vai manda pra um lugar pior merewmos pelo menos uma explicaçao.

Postar um comentário