domingo, 8 de junho de 2014

Metroviários de São Paulo: A greve continua!


Em assembleia lotada e combativa, os metroviários de São Paulo decidiram continuar a greve e enfrentar o governo truculento de Geraldo Alckmim. Aos gritos de "Não tem arrego!", e com massiva votação os trabalhadores seguiram o exemplo dos Garis e rodoviários do Rio de Janeiro, professores municipais de Belo Horizonte, rodoviários de Porto Alegre entre ou outras tantas lutas dos trabalhadores do Brasil.
Os metroviários enfrentam ainda a decisão do TRT paulista, que foi de defender a mesma proposta de negociação do governo, além de multar o sindicato em 100 mil reais por dia e a partir de amanhã, em 500 mil reais e descontar os dias parados.
A judicialização desta luta por parte do governo, e essa decisão, evidenciam o ataque ao direito de greve dos trabalhadores. São patrões e alguns juizes querendo retirar um direito elementar no processo da luta de classes.
Assim, na semana que tem início a copa do mundo da Fifa, a capital que sediará a abertura permanecerá com greve no transporte público mais importante para a cidade.


Movimento Luta de Classes - 
São Paulo

0 comentários:

Postar um comentário