domingo, 19 de outubro de 2014

Aécio atacou trabalhadores e trabalhadoras em Minas. Não queremos isso para o Brasil!



Greve dos Trabalhadores em Educação de 2011
Os trabalhadores e trabalhadoras de Minas Gerais estão cansados de enfrentar os governos de PSDB no nosso estado. Foram 12 anos de ataque à classe trabalhadora com avanço da terceirização, retirada de direitos, e o uso da lei da mordaça à imprensa mineira.
    O Governo do PSDB (Pior Salário Do Brasil) não paga o piso nacional aos professores da rede estadual, acabou com o plano de carreira do magistério, persegue lideranças da categoria, com a intenção de intimidar e fazer calar os professores mineiros. Graças a sua irresponsabilidade e desprezo com a educação, cerca de 100 mil professores estão ameaçados de não ter direito à aposentadoria. Na Cemig, hoje o número de trabalhadores terceirizados é três vezes maior que os dos trabalhadores diretos, gerando trabalho precário e matando 1 trabalhador a cada 45 dias. O governo do PSDB cobra a tarifa de energia mais cara do Brasil e seu único interesse é resguardar os lucros da Andrade Gutierrez e os demais acionistas da empresa.
Trabalhadores da Cemig em Greve -2013
    Na Copasa, empresa que o magnata Bill Gates possui ações, não é diferente. A famigerada PPP – (Parceria Público Privada) está em franco desenvolvimento. Um exemplo é a PPP do Rio Manso, um dos principais reservatórios de água de Minas, responsável pelo abastecimento da região metropolitana e que vai gerar muito lucro para os amigos do Aécio

    Na MGS, Minas Gerais Administração e Serviços, o PSDB ataca fortemente as trabalhadoras e trabalhadores. Foram 300 demissões por mês ao longo de 2013. Isso ocorreu sem respeitar a lei dos empregados públicos que garante a abertura do processo administrativo para demitir, além do direito à ampla defesa aos empregados.
Trabalhadores da MGS em greve - 2013
  Por tudo isso, o Movimento Luta de Classes declara apoio crítico à reeleição de  Dilma Roussef. Sabemos de todas as limitações do atual governo federal, mas a vitória de Aécio Neves é a volta ao poder de tudo que há de mais atrasado na política brasileira. Mudar pra pior, não dá!
A exploração não para por aí. O governo do PSDB trata as lutas dos trabalhadores, trabalhadoras e demais movimentos como caso de polícia. Por isso compraram dois “Caveirões” com o único objetivo de utilizá-los para enfrentar manifestantes, despejar ocupações e assim desrespeitar o direito à manifestação, querendo reviver os períodos mais sombrios da ditadura militar.


    Derrotar o PSDB é nossa tarefa! Devemos trabalhar para nos organizarmos mais, a luta não termina nas urnas. Devemos estar nas ruas defedendo os  interesses da classe trabalhadora.
Pela defesa dos direitos dos trabalhadores e do socialismo!
Só a luta muda a vida! Só conquista quem luta!
Jornal A Verdade
lutadeclassesminas@gmail.com
Renato (31) 9220-8823 – SindMassas - Contagem
Zegarra (31) 9282-7244 SindMetal - Mário Campos e Região
Jobert (31) 8402-6860 Sindieletro-MG
Glauber (31) 7310-6434 Sindados-MG
Geraldo (31) 8874-2989 Associação dos Trabalhadores da MGS




0 comentários:

Postar um comentário