segunda-feira, 27 de março de 2017

Dia 31 será mais um dia de Greves e Paralisações em todo país!


Ato dia 15 de Março no Rio de Janeiro
Na noite do último dia 22 de Março, a Câmara Federal aprovou, sem qualquer discussão com a sociedade, o Projeto de Lei 4302, proposto em 1998 pelo governo de Fernando Henrique Cardoso, que legaliza a Terceirização sem Limites. Com a aprovação desta lei, que segue agora para sanção do golpista Michel Temer, todos os funcionários das empresas, fábricas e demais serviços, poderão ser contratados via uma empresa terceirizada.
As consequências para os trabalhadores serão drásticas, pois sabemos que em média, os trabalhadores terceirizados ganham 25% a menos de salário e trabalham três horas a mais que os contratados diretos. Além disso, os terceirizados são as maiores vítimas de acidentes de trabalho. Ou seja, é um projeto que beneficia apenas aos patrões, que terão mão de obra mais barata trabalhando mais e com menos direitos, legalizando assim, a morte dos trabalhadores em pleno serviço.
Mas os ataques não param por aí.  Ainda estar para ser votada a Reforma da Previdência e a Reforma Trabalhista, que terminarão de rasgar a Consolidação das Leis do Trabalho - CLT. O que está em risco é o direito às férias, ao décimo terceiro salário, a licença maternidade, entre outros direitos.
Por tudo isso, nós do Movimento Luta de Classes convocamos a classe trabalhadora de todo país a se mobilizar, a construir a necessária greve geral para derrotar esse avanço patronal contra os nossos direitos.  Reforçamos a urgência da unidade do movimento sindical, e a convocação de uma intensa jornada de paralisações, greves e manifestações de rua para virarmos o jogo ao nosso favor.
Dia 31 de Março é mais um dia em que a classe trabalhadora mostre sua força ocupando as ruas contr os pacotes de Temer.
 
Fora Temer e os Banqueiros!
Construir a Greve Geral

Coordenação Nacional do Movimento Luta de Classes

1 comentários:

Esse dia foi para relembrar a derrota da esquerda em 31 de março de 1964?

Postar um comentário